Episódio 5: Seeds

Bem atrasada aqui pra comentar sobre o episódio 5. Perdoem meu atraso e não desistam de mim.

Post absolutamente cheio de SPOILERS!

 

“As vacas não se casam.”

Meu gzuis, como a fotografia dessa série é absurdamente perfeita e cheia de intenções, vocês não acham? Na maioria dos episódios, o foco está nos rostos das mulheres e suas reações ao que está acontecendo com elas, e principalmente isso acontece no rosto de June. Só que nesse episódio foi um pouco diferente. Mais alguém notou isso? As câmeras ficaram mostrando a June sempre por trás, como se a identidade dela tivesse sumido (???) ou algo assim. Nem espelho no banheiro ela tem mais.

June está totalmente quebrada, ou Offred, tão quebrada que ela pegou as cartas de pedidos por ajuda atrás da banheira e as queimou na pia da cozinha. (Aparentemente não há detectores de fumaça na casa de Waterford.) Todas aquelas dores viraram fumaça, como se nunca tivessem existido. Isso me deu uma pontada, porque era como se Offred estivesse tentando destruir a June e seus ideais. Quando ela disse a Nick com uma voz maçante: “Eu não tenho permissão para tê-las”. Quebrou meu coração.

Um dos únicos momentos em que eu me senti bem assistindo a essa série foi vendo Serena Joy e tia Lydia soltando farpas em relação ao que estava acontecendo com June, embora elas não verbalizassem isso diretamente, mas dava pra perceber nitidamente os pensamentos das duas. Elas meio que tem um controle de tudo que acontece com June, TUDO, inclusive as evacuações. Tia Lydia estava perturbada com o “humor da casa” e Serena Joy estava claramente perturbada por tia Lydia ter decidido aparecer com tanta frequência por la. Você pensaria que Serena Joy estaria satisfeita porque June se tornou a perfeita serva grávida, mas não, não existe prazer em Serena. Provavelmente porque ela não pode admitir para si mesma o quão profundamente infeliz ela está com essa República que ela ajudou a criar.

Em uma luta pelo poder entre Serena e tia Lydia, quem ganharia? Se alguém merece ser eliminada com sua própria bomba-que-odeia-mulheres, essa louca é a Serena Joy, mas tia Lydia é completamente maligna também. Eu adoraria ver as duas se auto destruindo.

A necessidade de June de se rebelar começou a aparecer quando teve seu primeiro sangramento. Quando notou o sangue em sua calcinha ela quase, mas não completamente, sorriu. Não houve pânico em nada do que ela fez depois disso, embora eu tenho certeza que ela soubesse que seria executada se perdesse o bebê. Quando o sangramento ficou mais pesado e June ficou tonta e cansada, ela continuou a escondê-lo. Talvez ela estivesse esperando que a perda do bebê também a matasse.

Para onde ela estava indo quando Nick a encontrou inconsciente no chão na chuva? Ela estava esperando que a chuva fria a deixasse ainda mais doente? Ela estava pedindo ajuda para Nick, mesmo depois de ter sido tirado dela naquele mesmo dia, no dia do seu casamento arranjado? Ele claramente não estava animado com sua noite de núpcias, já que em vez de ir para seu quarto ele estava parado na chuva, fumando um cigarro molhado e olhando para a janela de June.

Durante a cerimônia de casamento, quando Nick abriu a pequena caixa preta contendo alianças de casamento e ergueu o véu da esposa que ele não conhecia e nem queria, ele continuou olhando para June que estava claramente infeliz, sentada em seu lugar atrás de Serena Joy.

Nessa hora meu único pensamento foi: Oh que legal, vamos adicionar noivas crianças e estupro infantil na trama! Ilusão minha pensar que essa série não poderia ficar mais perturbada.

O que ficou nas entrelinhas foi o fato de que tudo isso estava acontecendo porque Fred estava tentando se livrar de Nick. Nunca foi verbalmente dito, mas quando Serena Joy correu para Fred para lhe dizer que Nick estava preocupado com o estado mental de June, Fred deve ter finalmente se tocado da situação. Como o Comandante Pryce não permitiu que Fred descartasse Nick “promovendo” ele para outro emprego (aposto que Pryce não confia em Fred Waterford e não queria perder o Olho que já estava estabelecido em sua casa. Foi a primeira coisa que pensei.), Fred decidiu distrair Nick, dando-lhe uma noiva. Mais tarde, na sala de estar de Waterford, Fred sorriu quando Nick leu uma passagem da Bíblia sobre o amor antes de ele e Eden Spencer, sua nova noiva (bem nova mesmo), subirem ao quarto de Nick, em cima da garagem. Serena Joy foi acolhedora e maternal com Éden, dizendo a ela que a luxúria não era pecado se você fosse casada. Nossa, Serena Joy. Que gentileza e belas palavras as suas.

Depois que Nick encontrou e resgatou June inconciente na chuva, ela acordou em um quarto de hospital muito branco com um monitor fetal preso na sua cintura. Ela não perdeu o bebê afinal. E então a câmera estava mais uma vez focada no rosto de June, cercada por seu cobertor extremamente branco para esconder sua conversa com seu filho ainda não nascido, ela fez a promessa de que o tiraria de Gilead. E então fiquei tão tão feliz de ver que a verdadeira June estava de volta.

“Agora você me escuta, ok? Eu não vou deixar você crescer neste lugar. Eu não farei isso. Você está ouvindo? Eles … eles não possuem você. E eles não possuem o que você se tornará. Você está me ouvindo? Eu vou tirar você daqui. Eu vou nos tirar daqui. Eu prometo. Eu prometo.”

Tudo isso, e eu nem cheguei na Emily e Janine ainda.

Nesse episódio Emily continuou mostrando frustração com as expressões de fé de Janine em Deus. Mesmo depois de todas as coisas horriveis que aconteceram com ela, Janine é tão infantil que fez um pedido quando soprou um dente-de-leão porque “eu estava feliz por todos. Eles não se importam com quem você é”. Janine acredita que Deus salvou sua vida duas vezes, e que deve haver uma razão pra isso. Emily queria que Janine parasse de se iludir, que não se apegasse a essa ilusão e que se concentrasse na sobrevivência. Mas qual é o objetivo se elas vão morrer, afinal?

Nesse episódio foi como se June morresse e depois renascesse com a promessa de lutar pelo futuro filho.

Também podemos notar que as “tias” tem algumas regalias e como os comandantes tem acesso a laptops. Será que tem acesso a internet também?

O episódio 6 já saiu e pretendo já falar sobre ele amanhã.

Próximo Episódio: First Blood

Deixe uma resposta